https://www.facebook.com/Canal-do-Glorioso

https://www.facebook.com/Canal-do-Glorioso-1701660276771886/?fref=nf

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Desfazendo uma mentira no caso Vitinho

Desfazendo uma mentira no caso Vitinho

A multa-rescisória para a venda de jogadores para o exterior, como Vitinho, é determinada pelo clube no contrato. Só quando a venda é feita para o mercado  interno é que se faz a média dos salários nos últimos 3 anos, multiplica-se o valor encontrado por 2.000 e tem-se o valor da multa rescisória.
"A grande maioria dos clubes têm um jogador de menor expressão e colocam 10 milhões de euros como valor da multa rescisória. Eles colocam 30 milhões de euros para o jogador de maior expressão. Isso é uma coisa de praxe." ( João Henrique Chiminazzo, advogado especialista em Direito Esportivo e advogado do jogador Bernard, ex-Atlético Mineiro e recém-vendido para a Ucrânia por um valor muito maior que o de Vitinho )
De praxe não quer dizer que seja obrigatório, se o Botafogo quisesse poderia ter colocado um valor maior na multa-rescisória para a venda de Vitinho para o exterior.
Bobearam, essa é a verdade, e dançamos.
Mas já está feito, o jeito é seguir em frente. Mas sem mentiras. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário