https://www.facebook.com/Canal-do-Glorioso

https://www.facebook.com/Canal-do-Glorioso-1701660276771886/?fref=nf

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

O Botafogo salvou o mundo do nazismo

O Botafogo venceu até Hitler

Estão assustados com o título? Não fiquem, pois é a mais pura e cristalina verdade, quase que desconhecida por nós, botafoguenses e pela humanidade, que ainda não deu o reconhecimento devido à nossa gloriosa participação na vitória sobre o nazismo na II Guerra Mundial. Também de urubus, bacalhaus e pós de arroz, não podemos esperar nada, a não ser inveja de nossos feitos gloriosos. Nos roubam campeonatos e dizem ter mais títulos, andei fazendo uma rigorosa pesquisa histórica, e dos cerca de 106 campeonatos cariocas, ganhamos 19 e fomos roubados- miseravelmente roubados- em 69 deles, títulos líquidos e certos, que nos afanaram sem escrúpulos e rubor nas faces  os energúmenos acimas citados. Somando 68 + 19, teremos 87, número real de títulos que deveríamos ter, os outros 18 eles venceram limpamente, sou justo.
Mas, voltemos à epopeia Alvinegra que salvou a humanidade da sanha hitlerista. Nos  primórdios da II Grande Guerra, a vitória da Alemanha parecia líquida e certa, os nazistas logo conquistaram quase toda à Europa e avançavam céleres para destruir o Império Britânico e se tornar a maior potência mundial; com a entrada dos EUA e a invasão da antiga União Soviética, a coisa se equilibrou e a guerra se desenrola indefinida, quando, em 2 de julho de 1944, o Brasil envia suas primeiras tropas rumo ao Velho Mundo para participar dos combates. Dentre eles 5 heroicos alvinegros: Geninho, Walter, Dunga, Mato Grosso e Goulart- jogador de basquete e campeão carioca pelo Botafogo em 1942,43, 45, 47-; Geninho e Walter eram profissionais, sendo Geninho um dos expoentes do título carioca que conquistamos em 1948 em cima do Bacalhau e formou um ataque histórico do Botafogo: Paraguaio, Geninho, Pirilo, Otávio e Braguinha; Mato Grosso e Dunga amadores. Nossas tropas entram em combate no dia 2 de setembro de 1944. Pesquisando os arquivos secretos do Pentágono, nos EUA, descobri que nossos 5 heróis foram decisivos na vitória das forças aliadas. Todos  eles envergavam a gloriosa camisa Alvinegra sob os uniformes de batalha e combateram com tal denodo, valentia e coragem, que os alemães fugiam em polvorosa ao ver qualquer dos cinco. E, tá lá nos arquivos, pena que são secretos, o general Eisenhower, comandante das  tropas aliadas, manda uma mensagem secreta para o marechal Rommel, comandante das forças alemãs, dizendo que se não se rendessem imediatamente, iria mandar buscar o resto do time do Botafogo no Brasil. Rommel, desesperado, comunica o fato a Hitler que, mais desesperado ainda, acaba se suicidando. Logo após a Alemanha se rende. A mais gloriosa das vitórias do Glorioso!

Como somos humildes não nos gabamos de nosso inigualável feito e o dividimos galhardamente com nossos companheiros de luta. Mas, após o fim da guerra, recebemos dos países aliados o título de campeão da Segunda Guerra Mundial. Diploma e taça devidamente guardados na sala secreta de General Severiano.
Quem tiver um título igual que se habilite. Aceitamos apostas…

Zatonio Lahud

Crônica publicada originalmente em Interrogações

Nenhum comentário:

Postar um comentário